Como fazer um pão caseiro perfeito e quase sem trabalho

receita de pão caseiro perfeito

Não há nada como o cheiro do pão quente que aromatiza a casa pela manhã. Costumo fazer o meu próprio pão, é fácil, muito mais económico, saboroso e saudável. As pessoas costumam pensar que fazer pão em casa dá trabalho, suja a cozinha e demora muito tempo. Errado. Tenho de concordar que as máquinas de fazer pão até são objectos curiosos, mas não há nada como “meter a mão na massa”! Felizmente esta expressão aqui é meramente figurativa e não podia estar mais fora do seu contexto. Sabem porquê?  Porque com esta receita de pão caseiro, não é preciso sujar as mãos.

“No Knead Bread” ou Pão Sem Amassar

A receita original vem do famoso e tão falado “No Knead Bread” de Jim Lahey da Sullivan Street Bakery em Nova York. Jim Lahey diz que com a sua receita de pão qualquer criança de 6 anos consegue fazer um pão delicioso. Ainda não consegui comprovar tal afirmação mas a ideia está em seguir simplesmente 4 procedimentos importantes que eu próprio passei a usar.

A receita que aqui partilho foi adaptada ás minhas necessidades, a original por exemplo, usa uma percentagem menor de fermento e em consequência um tempo de levedura de 12 horas. Eu aumentei a quantidade de fermento o que me permite fazer um tempo de levedura muito mais rápido.

4 dicas para fazer um pão caseiro perfeito

Queremos um pão grande, fofinho e com crosta bem estaladiça, certo? Para isso, siga estas 4 dicas:

  • 1. Não é preciso amassar nada! Basta envolver todos os ingredientes gentilmente com uma colher, apenas o suficiente para a farinha absorver toda a água, o que fará com que a massa fique com ar no seu interior.
  • 2. A levedura, 1 a 2 horas.
  • 3. O forno deve estar bem quente.
  • 4. A massa deve ser cozida dentro de um tacho fechado e previamente aquecido, de preferência de ferro fundido ou barro. Porquê? Porque são criadas as condições de humidade ideais para que o pão cresça bastante e fique bem fofinho. Cuidado para que o tacho não possua nenhum elemento possível de derreter com o calor.

pão caseiro

fermento fresco e sal integral

Ingredientes

  • 500g de farinha de trigo
 sem fermento
  • 400g de água morna
  • 1 colher de chá de sal integral
  • 10g de fermento de padeiro fresco (costumo comprar no Pingo Doce, embalagens de 25g, uso metade para cada 500g de farinha)

Vamos a isso

Num recipiente grande coloque a farinha.

Misture a água morna com o sal e o fermento. Mexer bem até diluir o fermento e o sal, em seguida acrescente ao recipiente da farinha.

Envolver tudo com uma colher, como já referi não é preciso amassar nada, apenas misturar até que a farinha absorva toda a água. Não misture demasiado.

Cobrir com um pano e deixar levedar 1 a 2 horas.

massa de pão caseiro

massa de pão caseiro

receita de pão caseiro perfeito

massa de pão caseiro

Pré-aquecer o forno a 200º, juntamente com a panela onde vai cozer o pão.

Polvilhar a bancada com um pouco de farinha e colocar a massa em cima. Dobrar a massa ao meio e novamente ao meio.

Polvilhe o fundo do tacho com um pouco de farinha e coloque a massa lá dentro com a dobra para baixo.

Faça um corte superficial na parte superior da massa usando uma faca afiada.

Feche o tacho e leve ao forno durante 25  a 30 minutos. No final desse tempo, retire a tampa e deixe cozer mais 15 a 20 minutos para criar uma boa crosta.

receita de pão caseiro perfeito

Deixar arrefecer antes de cortar, se conseguir esperar claro!

Esta é apenas a minha receita base de pão. Costumo misturar vários tipo de farinha e sementes de forma a obter um pão mais ou menos integral, conforme a preferência. Veja por exemplo este Pão de Espelta de Aveia.

159 opiniões sobre “Como fazer um pão caseiro perfeito e quase sem trabalho

  1. Olá!! è incrível!! Funcionou!! 😀 😀 Obrigada! Eu sou uma azelha na cozinha e o pãozinho saiu bem logo á primeira!!!!! Será que posso fazer com farinha de milho?? Repetindo todo o processo desta receita de modo a fazer uma broa de milho?!! Obrigado!! Jo

    Gostar

  2. Maravilhosa esta tua receita. Aqui por casa ninguém resiste de cortar o pão sem arrefecer, sai do forno e manteiga por cima,… E acabam com o pão, coitadinho… 🙂 obrigado pela boa receita.

    Gostar

  3. Bom dia estou fazendo kkkk vou ver …… agora a massa estar descançando… o forno ja estar ligado estou torcendo que de certo pq meus filhos e meu esposo adoram pão caseiros.. SERA QUE POSSO RECHEAR??????? OBRIGADO e vc tem mais receitas de pães…

    Gostar

  4. Obrigado pela receita,ja fiz o famoso pao muito bom so que precisei de muito mais tempo para coser e ficou muito agarrado no tacho,nao sei se foi por faser num tacho inox

    Gostar

  5. Voltei a faser agora em panela de barro ficou melhor so que o tempo que marcas aqui é pouco quando tiro no meio esta cru.deixei mais tempo mas fica muito tostado

    Gostar

    1. Monteiro, o tempo que indico na receita é o ideal para o meu forno. Existem sempre ajustes que são necessários fazer mediante as características de cada equipamento. Experimente aumentar um pouco a temperatura.

      Gostar

  6. Faço o meu próprio pão em casa por ser mais económico. Misturo vários tipos de farinha sem fermento e para levedar a massa utilizo o mesmo tipo de fermento.Quanto à quantidade de água (sempre morna), que utilizo, depende da forma como quero o resultado final da massa. O tempo de levedura é também cerca de 2 horas. Utilizo uma temperatura de formo de cerca de 200º a 220º contudo, não cozo o pão dentro de um tacho mas, num tabuleiro e cubro a massa do pão até este estar cozido com uma folha de tela de aluminio (dos rolos que se vendem nos super e hipermercados).
    Se preparar o fermento com um pouco de farinha, que se retira do peso total, e um pouco de água morna, amassar ligeiramente, deixar levedar meia hora antes de preparar o pão, em local com boa temperatura ambiente e depois se juntar este fermento à farinha inicial como se fosse o fermento original que se comprou no supermercado melhora a qualidade de sabor do pão. Dá-lhe um toque de pão caseiro da aldeia. Exprimentem e contem-me os resultados…

    Gostar

  7. Olá Filipe eu estava a procura de receita para bolos e veio a parar a teu blosg. Acabei de fazer o pão agora mesmo e ficou tão lindo que fiz varias fotos, é pena não poder-te demostrar para que podas avaliar, mas está muito saboroso. Fiz a receita passo a passo e cozinhei em tacho de barro com tampa. Obrigada

    Gostar

  8. Boas Filipe, achei a ideia interessante até porque é raro ter pão em casa porque ainda nao encontrei nenhum que goste realmente.

    Gostaria de experimentar a tua receita, mas antes, queria perguntar-te, em vez de mexer com uma colher se usar a batedeira, mas com as espirais, as tais peças de amassar, achas que ficará bom?

    E além disso o que torna o pão tão fofinho e durar dois ou tres dias sem ficar “pedra”? É o tipo da farinha? ou a forma como se faz?

    Cumprimentos

    Gostar

    1. Olá Raquel, obrigado pelo teu comentário! Sinceramente acho que a batedeira vai amassar demasiado a massa e não sei se justifica sujar tanta loiça, mas experimenta. Garanto-te que este pão dura no mínimo uma semana se for bem acondicionado (enrolado num pano ou dentro de uma saco, como o corte voltado para baixo). Também como tem uma percentagem maior de água a massa preserva alguma humidade durante mais tempo. Acho que o que faz o pão de compra secar tão depressa é a quantidade exagerada de fermento.

      Gostar

  9. Boas novamente Filipe, experimentei como tu disseste aqui na receita (não usei a batedeira), e o pão ficou fabuloso, só houve um pequeno senão – eu gosto do pão mal cozido, fiz o tempo que aqui indicaste, e no meu forno ficou mal cozido, a parte de cima alourada, mas nada muito torrado, o pão ficou molinho e já acabou, o meu marido adorou, mas notei que tinha um pequeno travo a fermento, não tinha aquele sabor tipico do pão que bem conhecemos…achas que adicionei pouco sal, ou há outros ingredientes que se podem juntar à receita e tornar o nosso pão mais rico em termos de sabor?

    Gostar

    1. Raquel não percebi onde está o senão, no mal cozido ou no sabor a fermento? O tempo de cozedura deve ser sempre ajustado ao forno em questão. Quanto ao fermento, nunca notei o travo que fala, relembro que uso apenas 10g de fermento fresco de padeiro. Se usar fermento em pó a dosagem é outra. Pode experimentar reduzir no fermento, em consequência demorará mais tempo a levedar. Quanto ao sal, para mim a quantidade referida na receita é suficiciente.

      Gostar

  10. Ola!! EU n costumo deixar a minha opiniao,mas tive que escrever aqui. Decidi fazer pao pela primeira vez,e de todas as pesquisas axei esta a mas facil de fazer,gostei dos comentarios aonde Dao boas dicas tambem, hoje fiz o pao,foi uma maravilha ,que tive de fazer outro. Muito obrigado pela partilha Felipe.

    Gostar

  11. Andava há imenso tempo de uma receita como esta e devo dizer que o que fiz esta manhã ficou uma delicia!
    Muito obrigado pelas delicias que nos dás a conhecer.
    Beijinhos e continua com o bom trabalho, prometo estar atenta ás novas receitas 🙂

    Gostar

  12. Bom dia, gostava de saber se alguém me poderia tirar uma duvida, eu ao fazer o pão no final tem um sabor intenso a fermento e o seu cheiro tambem é intenso. Gostava de saber qual a razão de isso acontecer, e o que posso fazer para contrariar isso. Muito obrigada

    Gostar

    1. Catarina, qual foi o fermento que usou? Eu nunca notei nada disso no meu pão. Experimente reduzir um pouco no fermento, mas demorará mais tempo a levedar.

      Gostar

  13. Ola ,eu já é a segunda vez que estou a fazer o pão o meu marido adorou e agora está sempre a pedir para o fazer obrigado

    Gostar

  14. Olá filipe eu amei encontra esse site,pois gosto muito de fazer pão caseiro,inclusive até para vender;mais parei,porq um dia dava certo,outro não dava,o pão ficava muito murcho,e eu não queria vende-lo qdo eu não gostava da aparência.Mais com essa sua receita me senti animada e vou recomeçar.Espero q tudo dê certo…Só não tenho esse tacho,mais tenho uma panela de ferro fundido e vou experimentá -la,retornarei o resultado.Obrigada

    Gostar

  15. Estou orgulhosa do meu (seu) primeiro pão caseiro! 🙂 Obrigada, esta receita simplificou muitas coisas. Tenho apenas uma dúvida: eu por norma, apenas como pão integral. De que maneira consigo tentar manter a “fofura” do pão, substituindo por inteiro a farinha branca por integral? Talvez aumentando a quantidade de fermento, ou deixando mais horas a levedar?

    Excelente blog!

    Gostar

  16. OLá Filipe

    Vim aqui parar via link do blog “As nove no meu blog”.

    Ainda não experimentei, mas adorei o facto de teres partilhado pois cada vez mais tenho pessoas amigas que o pão que comem é tudo feito em casa, acho uma ideia excelente.

    Beijinhos
    Evelyne

    Gostar

  17. Bom dia.
    Nunca fiz pão, mas com esta receita estou muito tentada a experimentar.
    Não percebo uma parte “Dobrar a massa ao meio e novamente ao meio.”; isto é dobrar em 4? E depois como é que coloco a dobra para baixo?
    Obrigada.

    Gostar

      1. Olá Filipe 🙂

        Muito obrigada pela receita, descobri-a hoje e vou agora experimentar! No entanto também não percebo a parte de dobrar a massa em 4 e virar a massa com a dobra para baixo… Dobra-se a massa em 4 de forma a ficar um quadrado? Ou seja, da esquerda para a direita e depois de cima para baixo? E como é que coloco a dobra para baixo? O que é que chama de dobra?

        Obrigada! 🙂

        Gostar

  18. Olá Filipe
    Vim parar ao seu blog por acaso enquanto procurava uma receita fácil para fazer pão e ensinar meu neto de seis anos que tanto me pede para o ensinar a fazer, e é desta k vamos ver se realmente é como diz 🙂 Depois virei aqui dizer-lhe o resultado.Parabéns pelo blog.

    Gostar

  19. Já fiz a receita do pão e saiu lindamente, o único ponto fraco é que no dia seguinte o pão começa a esfarelar ao cortar-se ás fatias. Será que pus fermento em pó em demasia?Usei metade do pacote de fermento para pão.

    Gostar

    1. Carla, o meu pão não esfarela nem depois de uma semana, até fica com uma elasticidade interessante. Não acredito que seja do fermento, de qualquer forma se usar fermento seco use uma colher de chá e meia por cada 500g para um tempo de levedura de cerca de 1 hora. Também pode ser por falta de água. seguiu a receita à risca? pesou a água?

      Gostar

  20. Com tampa, só tenho este tacho do IKEA, que deve ser previamente embebido em água, antes de ir ao forno… Será que funciona???

    Gostar

  21. Bom dia gostava de saber se posso substituir a farinha de trigo por farinha de espelta? Acha que o efeito é o mesmo? Obrigado

    Gostar

  22. A sua receita fez sucesso la por casa, mto facil e pratica para alem de saborosa. Aproveitei uma dica nos comentarios e pincelei a massa com azeite antes de ir ao forno, ficou 5 estrelas 🙂

    Como obter uma massa mais consistente (antes de ir ao forno ela fica muito pegajosa e nao e facil de moldar??) gostava de experimentar fazer pequenos paes, esta massa e apropriada?
    Obrigada e mtos parabens pelo seu espaço.

    Gostar

    1. Que bom Anabela! Para uma massa mais consistente basta polvilhar com mais farinha depois da levedura. O suficiente para nao agarrar nas maos. Se fizer pequenos pães, faça o seguinte: depois de formar as bolas deixe-as repousar uns 30min antes de as cozer no mesmo tabuleiro de forno. Nao se esqueça de o polvilhar com farinha.

      Gostar

  23. Mto obrigada pela rapida resposta 🙂 O seu blog ja ofereceu mtos sabores a toda a familia.

    Acho de uma generosidade imensa a partilha do saber qualquer que seja 🙂 Bem haja!

    Cheguei ao seu blog pelo “As 9 no meu blog” tenho de referir o credito 🙂 Outro espaço mto interessante.

    Gostar

  24. Olá, Filipe!

    Parabéns pelo seu blog e pelo pãozinho que tem um aspecto divinal 😀

    Será possível indicar qual o diâmetro da panela que aparece na foto e que costuma utilizar?

    Obrigada e votos de sucesso.

    Gostar

  25. Fiz hoje pela segunda vez este pão fácil e delicioso !!!!! A primeira vez misturei farinha de milho ( não tinha de trigo que chegasse) e também ficou muito bom, embora um pouco mais pesado. Eu adoro pão 🙂 e, apesar de ter acabado de almoçar, nao resisti a um cantinho com manteiga, huuuuummmmm que delicia …. tenho pena de nao saber por a foto pois está LINDOOOOO e bom. Obrigada pela receita.

    Gostar

  26. Eu tenho a sorte de ter uma padaria fantástica mesmo atrás da minha casa. Pão alentejano, de centeio, de milho, de alfarroba (o meu preferido), é só escolher.

    Mas confesso que o cheiro do pão acabado de fazer é realmente algo de maravilhoso. Eu tenho uma máquina para fazer pão a ocupar espaço de bancada, mas parece que o pão fica sempre igual e acabo por não usar muito.

    Vou experimentar esta receita no fim-de-semana, se conseguir comprar o fermento de padeiro. Depois dou notícias.

    Beijinhos

    Gostar

  27. Descobri esta página por puro acaso, confesso!
    Achei interessante o passatempo que vi publicado algures, e resolvi visitar a pagina.
    Em boa hora o fiz! Esta receita de pão deixou-me rendida!
    Adoro pão, e gosto muito de pão caseiro, gosto de o fazer, mas se possível sem “meter a mão na massa”, por isso tenho uma MFP, que utilizo frequentemente, mas esta receita vou ter mesmo que experimentar. Prometo dizer como ficou!
    Já agora, parabéns pela belíssima reportagem sobre o meu Porto! Apesar de conhecer todos os locais, adorei!!

    Gostar

  28. Boa noite Filipe!!

    Experimentei a receita…à risca e o resultado foi divinal! Resumindo…ficámos rendidos ao belo e saboroso “Pão do Filipe” e o meu filho mais novo não permite outro pão na mesa. Amanhã é dia de pôr a mão na massa e que saia mais um belo pão. Devido à gula da família, tive que dobrar a receita…assim evitam-se as “guerras” pela última fatia! Parabéns pelo Chilli com Todos! Sucesso e que venham mais receitas maravilhosas como nos tem habituado 🙂

    Gostar

  29. Fantástico, adorei! Andei à procura de como fazer pão rápido e vim parar a este blog. Fiz e ficou excelente. Obrigada! Vou experimentar colocar sementes na próxima vez 🙂 que deve ser já amanhã 🙂 Muito Obrigada!

    Gostar

  30. Olá Filipe

    Quando descobri o teu blogue (através do às nove no meu blog), foi com a receita deste pão maravilhoso. Cá em casa todos adoram pão e não resisti a experimentar. Ficou delicioso e desapareceu num ápice.
    Ontem resolvi fazer novamente, mas desta vez com farinha integral. Falhanço!! Coloquei as quantidades que aconselhas e até o fermento é o do pingo doce.
    Achas que foi da farinha??
    Beijinhos e obrigada
    Paula

    Gostar

    1. Olá Paula! Obrigado pelo teu comentário. Sim provavelmente foi da farinha, usaste só farinha integral? Nunca faço só com farinha integral, convém usar sempre alguma percentagem de trigo branco. As vezes costumo misturar trigo branco com trigo integral 300g/200g respectivamente. Também podes misturar trigo branco com integral e centeio 300g/100g/100g. Estas são mais ou menos as proporções que uso.

      Gostar

  31. Caro Filipe,

    Descobri o seu blog por acaso porque esta semana vou à escola da minha filha mostrar como se faz pão e andava a pesquisar uma receita que fosse fácil para meninos de 5 e 6 anos. Cá em casa o meu marido é que costuma fazer, mas segue uma receita em que é preciso amassar e fica muito denso, pesado. Resolvi experimentar a sua tenho que lhe dizer que é maravilhosa. O pão ficou lindo, dourado, fofo e super saboroso. Utilizei o fermento em pó, coloquei metade de uma saqueta de 11 g e deixei levedar durante 2 horas. Fiz dentro de um tacho de cozinha normal e resultou muito bem. Saiu à 5 minutos do forno e já mandei fotos ao meu marido a gabar-me!!! Parabéns pelo seu trabalho e votos de muito sucesso! Obrigada.

    Gostar

  32. Olá Filipe,
    Fiz hoje o pão, finalmente!!! Está absolutamente fantástico!! Usei 2 tipos e farinha, de trigo, normal, e uma com mistura de cereais e sementes. O resultado excedeu as minhas expectativas, que já era altas 🙂 É, de facto, uma formula perfeita!!
    Parabéns e obrigada pela partilha!!

    Gostar

  33. Ola Filipe muito obrigada pela receita.
    Gostaria de perguntar se tb posso fazer pão com chouriço com esta receita.
    Obrigada

    Gostar

    1. Olá Irene, nunca fiz mas experimente e diga-me se resultou! O único conselho que lhe dou é acrescentar o chouriço depois da massa levedar. Quando moldar a massa junte o chouriço e deixe repousar novamente algum tempo (uns 20 min).

      Gostar

  34. Ola Filipe, jà experimentei a receita de pao com chouriço usando a sua receita de pao caseiro e resultou muito bem . Fiz paes individuais por isso cozeram mais rapido.
    A sua receita è mesmo excelente.
    Desejo lhe uma boa continuaçäo .

    Parabens

    Gostar

  35. Fantástica receita! Moro no Brasil e é difícil obter farinhas apropriadas para pães, o grande comércio só dispõe de farinhas de uso geral – usa-se a mesma para pães, pizzas, bolos, tortas, macarrão… Ao colocar a água, a farinha a absorveu muito rapidamente, tanto que ficaram partes de farinha ainda secas. Usei fermento seco instantâneo – 4g para 500 g de farinha – e deixei crescer por 2 horas. Levei ao forno em panela inox e esperei pacientemente (só que não!) por 1h 20m e o resultado foi fabuloso. Parabéns e muito obrigada por partilhar.
    Gostaria de saber: se eu desejar o pão um pouquinho mais aerado, o que devo fazer?

    Gostar

    1. Olá Iggy, é dificil perceber sendo que a farinha que usou pode ser diferente. No entanto experimente o deixar repousar a massa uma meia hora antes de a colocar no forno para cozer. Pode ser mesmo dentro da panela de inox.

      Gostar

  36. Cara, faz mil anos que eu tento fazer pão em casa, com a tua formula, adivinha? Consegui. Agora só da eu.

    Gostar

  37. bom dia Filipe! fiz hoje esta receita de pão e ficou excelente
    no entanto gostava de fazer uma maior quantidade de farinha, diga-mos 2,5 kg de farinha
    será que tenho de multiplicar o fermento por 5 ou posso por menos quantidade de fermento
    obrigado

    Gostar

    1. Pedro, o máximo que já fiz foi 1kg de farinha e simplesmente dobrei todos os ingredientes. Para 2,5kg acho que multiplicar o fermento é muito mas o melhor é testar com uma quantidade mais pequena de fermento e ver como resulta. O que vai acontecer é levar mais tempo a levedar.

      Gostar

  38. Boa tarde Filipe, eu gostava de experimentar esta receita de pão, mas tenho uma dúvida, a quantidade da água é mesmo 400 g ou 400 ml?

    Obrigado

    Gostar

    1. No caso da água 200g é igual a 200ml por isso é indiferente. No entanto deve-se pesar principalmente em receitas de pão onde as medidas devem ser precisas.

      Gostar

  39. Obrigada por partilhar esta receita. Queria fazer pão caseiro e experimentei várias receitas. Esta é sem dúvida a melhor de todas. O pão é super fácil de fazer e ficou delicioso. Não imagina a velocidade com que desaparece cá em casa 🙂

    Gostar

  40. Vou experimentar!!!!
    Todas as semanas faço pão em casa, sempre com o mesmo dilema…fica muito pesado…mas não desisto facilmente!!!! Agora dei com esta receita, e, na próxima cozedura vai ser assim :-)depois digo como ficou 😉

    Beijinhos e obrigada !

    Gostar

  41. Ola, anda à procura de uma receita de pao e vim encontrar este bendito blogue! Que blogue tao bem apresentado e com ideias originais….. e la fiz o “panito” como se diz la na minha terra (algures no baixo alentejo), saiu como o Filipe bem escreveu. Depois de ter começado a preparar a receita é que me apercebi que a receita nao me era estranha, e foi no reviver velhas memorias que encontrei a razao pela qual nao me era estranha a receita…. em casa de meus pais lembro de desde sempre de se fazer pao caseiro alentejano, em forno de lenha (esteva), pao para 1 mes, mas claro esta que os anos passaram pela minha mae, e era ja muito trabalho respeitar a tradicional receita do pao alentejano, entao alguem do circulo de amigos da minha mae deu uma receita que nao era necessario amassar a massa, que é o que mais custa em todo o processo na tradicional receita do pao alentejano….. e foi no reviver de estas memorias que me reencontrei com uma receita muito parecida a esta, muito parecoda mas nao a mesma.

    Gostar

    1. É um prazer suscitar esse tipo de memórias! Obrigado Joaquim pelo seu comentário e pelos elogios ao blog! Espero que a minha receita continue a facilitar a vida e assim seja possível fazer um pão delicioso mais frequentemente!

      Gostar

  42. mto, mto, mto bom, fica um espetáculo, tenho utilizado as farinhas do LIDL, é só juntar a água, pq já tem sal e fermento. Obrigado e continuação de boas receitas

    Gostar

  43. Boa noite Filipe, se eu quiser fazer pães individuais não vou puder colocar no tacho de barro que uso, será que posso colocar no tabuleiro do forno ? mas antes de colocar, ponho dentro do forno um tacho com água durante uns 10 minutos para criar humidade, que acha ?

    Gostar

    1. Pode colocar directamente no tabuleiro aquecido. O pormenor da água é importante sim! Pode ser um tacho com água, umas pedras de gelo no momento em que coloca a massa ou umas 10 ou 15 borrifadelas de água dentro do forno imediatamente antes de colocar a massa. Espero que corra bem!

      Gostar

  44. Filipe, muito obrigada pela receita, eu moro na China e aqui é difícil encontrar um pão e quando encontro o gosto, consistencia e a aparência são diferentes. Ter um pão caseiro quentinho e saudável é maravilhoso. Agora com sua receita ficou fácil de fazer, coloco muitas sementes, farinha orgánica e integral…maravilhoso. Espalhei a receita para todos!
    Tenho uma dúvida, encontrei farinha integral organica mas já vem com fermento, como devo fazer com a quantidade de fermento? É possível fazer pão com essa farinha?
    Um abraço!

    Gostar

    1. Olá Raquel, é óptimo saber que as minhas receitas chegam até à China! Se a farinha já tem fermento já não precisa de adicionar mais. Provavelmente o tempo de levedura será diferente mas é uma questão de experimentar.

      Gostar

Os comentários estão fechados.

Create your website with WordPress.com
Iniciar
%d bloggers like this: