Salada de espargos com gnocchi de requeijão, molho de miso branco e flor de sabugueiro

Quero começar por dizer que esta receita de gnocchi é provavelmente a mais simples e rápida do mundo. Palavras que normalmente não relacionamos com gnocchi, mas neste caso é totalmente verdade. Duas coisas são crucias para o sucesso desta receita, primeiro, escolham um bom requeijão porque o sabor é o mais importante. Depois eliminem oContinue a ler “Salada de espargos com gnocchi de requeijão, molho de miso branco e flor de sabugueiro”

Cogumelos shiitake marinados com pastinaca salteada

Com um pé no Inverno e outro na Primavera, lembrei-me desta receita que fez parte do menu no jantar Kinfolk sob o tema Beneath the Surface. Está quase a fazer um ano, incrível. Lembro-me muitas vezes deste prato, pela simplicidade e pela espontaneidade que o originou. Apesar de ter estado meio adormecido até agora, despertou-meContinue a ler “Cogumelos shiitake marinados com pastinaca salteada”

Salteado de cogumelos e tomate cherry com “arroz” de couve-flor e amêndoa

Continuo convencido que as melhores refeições são aquelas totalmente inesperadas, do género chegar a casa sem qualquer ideia sobre o que fazer para o almoço, pegar em quatro ou cinco ingredientes disponíveis no frigorifico, temperar com isto ou com aquilo, e, ao fim de 10 – 15 minutos o prato está pronto. Regra geral sãoContinue a ler “Salteado de cogumelos e tomate cherry com “arroz” de couve-flor e amêndoa”

Caril de bacalhau fresco com arroz selvagem

Em 2003 ouvia o Heathen num loop quase doentio. Nessa altura David Bowie, muitas vezes de mãos dadas com Jane Birkin e o seu Apocalypstick, serviam de banda sonora ao meu segundo ano de faculdade. Lembro-me perfeitamente de esticar telas e passar horas a pintar ao som de Slip Away ou Everyone Says Hi. HorasContinue a ler “Caril de bacalhau fresco com arroz selvagem”

Sopa vietnamita com noodles de courgette, caju e tofu salteado

Sempre que aparece por aí algo novo o meu pensamento direciona-se ou para o entusiasmo, ou para o cepticismo. Bem, no caso dos legumes espiralizados a situação foi mais complexa, descrevê-la-ia como uma mistura dos dois, uma espécie de “eh pá, isto pode ser brutal” com “espera lá, que isto parece destruir a minha imagemContinue a ler “Sopa vietnamita com noodles de courgette, caju e tofu salteado”

Assado de tupinambo e pastinaca com salva crocante, avelã tostada e molho camembert

A primeira vez que encontrei tupinambo foi num mercado biológico no Porto não há muito tempo. Até então era-me completamente estranho e, não fosse o senhor que os vendia a dar-me algumas dicas, não sabia o que fazer com ele. E que bela descoberta foi. É doce, outonal, combina perfeitamente com cogumelos ou pastinaca eContinue a ler “Assado de tupinambo e pastinaca com salva crocante, avelã tostada e molho camembert”

Risotto de cevada e abóbora

Adiar decisões é um péssimo hábito, eu sei. Mas sou perito nesse campo e posso ensinar quem estiver interessado! Umas mais importantes que outras, regra geral, se há uma decisão a tomar, invoco todas as ideias paralelas e tento ocupar o meu cérebro com tudo menos aquilo que é necessário. Não consigo evitar, ultrapassa todasContinue a ler “Risotto de cevada e abóbora”

Create your website at WordPress.com
Get started